ghost boy martin pistorious

 

Se você já ouvir falar de alguém que ficou tempos em coma, com certeza ficou intrigado querendo saber o que se passava com aquela pessoa naquele período um tanto quanto sombrio. Será que a pessoa consegue ouvir? Será que ela pode sentir alguma coisa? Será que ela vai se lembrar do que passou enquanto estava em coma?

As dúvidas só se agravam se esta pessoa não for um simples desconhecido mas sim um amigo, um familiar, um filho amado. É exatamente este drama que viveu a família de Martin Pistorius.

No fim dos anos 80, com apenas 12 anos de idade Martin foi diagnosticado com uma doença grave ainda não muito bem conhecida pelos médicos e que dentro de pouco tempo colocou o garoto em estado vegetativo. Ele perdeu completamente a capacidade de realizar movimentos e falar. O caminho pela frente era previsivelmente muito difícil, mas sua família nunca desistiu dele.

Acontece que após doze longos anos em coma em uma cama de hospital, tendo de ser limpo, alimentado e virado constantemente para evitar escaras (feridas que se formam devido ao contato constante do corpo com a cama), Martin acordou com uma notícia de arrepiar: ele passou 10 destes anos CIENTE de tudo a sua volta.

martin pistorious hoje
Hoje Martin Pistorious, já reabilitado e com uma vida feliz, nos conta através de computadores (sim, após tantos anos, ele perdeu a capacidade de andar e da fala) como foi a experiência de viver preso e imobilizado dentro de seu próprio corpo. Dentre outras coisas, Martin relembra como foi duro ter de ouvir de sua própria mãe descrente e angustiada a frase “Eu espero que você morra” e de como ele desenvolveu aversão ao seriado infantil Barney, uma vez que ele era colocado em frente à TV passando este programa por horas e horas todos os dias.

Você pode conferir a história completa contada diretamente pelo Martin, o “garotinho” que hoje tem seus 39 anos, em seu livro Ghost Boy: My Escape From Life Locked Inside My Own Body (“Garoto Fantasma: Minha Fuga da Vida Trancado Dentro do meu Próprio Corpo” em tradução livre).

Compartilhe essa espetacular história de esperança com seus familiares e amigos, e em especial, lembre a todos que tem entes queridos em coma de sempre trata-los com amor e dignidade. Elas estão cientes de tudo.

  • Ambiente, Animais e Plantas
  • Cérebro, Biologia e Saúde
  • Computadores e Tecnologia
  • Física e Espaço
  • Você Sabia?